quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Sou boa em contos eróticos?

Ser uma stripper virtual as vezes esquecemos tambem como a realidade e saborosa rsrsrs mentira!!!! Nao esquecemos nao !!!!






.....Não podia negar que naquela manha Sonia sentia um enorme comichao dentro da calcinha devia ser porque tinha tido um sonho picante que um homem a dominava, como me confidenciou numa ligaçao desesperada, querendo que eu apresentasse algum amigo ,pensei por um instante e so me venho a cabeça o nome do Ygor ,moreno , alto ,safadissimo teria que ser esse pra apagar todo aquele fogo!Nao sabia se estava fazendo bem peloque tinha ouvido o cara era o cão na cama!
  Passei contatos pra ambos e como era de se espera segue a historia que ouvi deles:
  Sonia é uma garota , que foi sempre reservada ,acostumada com sexo mais morno ,maracarm logo no motel porque ambos so queriam isso , afobados como nunca , poucas palavras foram trocadas , substituidas por gemidos, tokes ,muito mais prazerosos que discussao de relaçao!
Suas maos meio inseguras pela loucura do momento acariciavam por cima da calça de Ygor tudo com delicadeza mas ela não imaginava q tipo de amante Ygor era !
  Nada de delicadeza , ele pegou no seus cabelos puxando sua cabeça p tras com força, ela reclamou, sua boca foi sufocada com um beijo totalmente estupido e forte, logo suas roupas era arrancadas, as ultimas peças que restavam quase rasgadas ,ela podia ouvir os barulhos das costuras sendo forçadas a lingery sendo arremessada, quis falar pra ele ir com calma ,mas como o tesao falava mais alto , resolveu se entregar entre mordidas e sugadas suas pernas eram forçadas a se abrirem pra aquele homem tao dominador , que sem ao menos esfregar o pau antes na portinha , já fazia ela gritar empurrando de uma vez so , encostada na cama sem deitar de costas , era comida com violencia enquanto seus seios que balançavam , eram tao espremidos que chegavam a lhe causar dor, enquanto Ygor lhe dizia coisas do tipo : “Não e so isso que vc queria? Entao toma...”
  Gritando de tesao e de dor entre a selvageria e o tesao Sonia gozou mordendo o labio inferior , quando terminou de gozar querendo descansar soltou o corpo ali naquela cama , mas sentiu que ele ainda não tinha se satisfeito, a ponta do seu pau mirava sua bundinha , com medo disse: “não!!”

  Seu coraçao disparou prevendo a cena seguinte , tentou se debater mas ele tapou sua boca , enquanto esfregava a cabeça do seu pau na sua xana pra lubrifica lo , sem dó ele encostou na entrada do seu cuzinho, que ela fechou de medo num comentario safado ele disse ao pe do seu ouvido “ Se não relaxar vai ser bem pior !” Tentando se debater mas ainda cansada pelo orgasmo forte q teve ,ela ficou quieta e sentiu aquela pica enorme lhe rasgando em bombadas fortes , reclamando do que não estava gostando com dores , mas ele continuava sua safadeza “Se não tivesse gostando sua xaninha não babava tanto!” 

E assim totalmente entregue , hora gozando , hora com dor , Sonia teve sua noite devassa de sexo!!!!
                                  ... e por hoje e so pessoal!!! Rsrsrsrs